terça-feira, 29 de novembro de 2016

Projeto Dia Feliz


A ASCAP apoia esta iniciativa!

Estamos com um pontos de arrecadação na ASCONT; na Sala do Empreendedor do Moda Center; no CESAC e na FADIRE. Compartilhe esta publicação e colabore com esse importante projeto.

Doe brinquedos e livros novos e seminovos. Vamos juntos promover um "Dia Feliz" para centenas de crianças carentes da nossa cidade.


terça-feira, 22 de novembro de 2016

ABRAPA lança plano de incentivo ao algodão

Projeto com investimentos de R$ 4,5 milhões tem como objetivo, além da certificação, passar dos atuais 50% do uso do fio na indústria para 56% em cinco anos.

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), com apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e da Bayer, lançou o Plano de Incentivo ao Uso do Algodão com a campanha ‘Sou de Algodão’ que surge como resposta da cadeia produtiva ao crescente uso de sintéticos na composição de tecidos para fabricação de peças de vestuário. O investimento na iniciativa é de R$ 4,5 milhões.

Metade dos produtos fabricados no Brasil corresponde a fio de algodão, ficando os outros 50% com fibras sintéticas, lã e sizal, diz a Abrapa. “Com a campanha pretendemos elevar esse percentual para 55% a 56% em cinco anos”, afirmou ao GBLjeans João Carlos Jacobsen Rodrigues, presidente da Abrapa. É um processo lento, e a briga não é com a importação: o Brasil é o quarto maior exportador de algodão e o mercado interno importa menos de 10% da matéria prima, apenas produtos especiais de fibra longa adquiridos do Egito e da Califórnia (EUA). O Brasil conta com 600 grandes produtores e 2 mil pequenos que estão principalmente no nordeste.

CERTIFICAÇÃO ABR E BCI

O projeto pretende envolver a indústria têxtil e confecções de vestuário na adoção da etiqueta ‘Sou de Algodão’, incentivando também a difusão do selo de qualidade ABR (Algodão Brasileiro Responsável) e a certificação internacional BCI (Better Cotton Initiative) que hoje são comuns apenas entre os produtores. Segundo dados da Abrapa, 80% dos produtores nacionais de algodão têm o selo ABR e 71%, o BCI, totalizando mais de 1 milhão de toneladas, colocando o Brasil como o maior país com produção certificada. “O selo ABR é bem mais exigente que o BCI, portanto quem tem o primeiro já tem meio caminho andado para o segundo”, afirma Rodrigues. Com a adesão da indústria à certificação, o ciclo se fecha, e a peça de vestuário passa a não ser barrada na ponta, auxiliando a exportação.


O selo ABR garante que a produção respeita os benefícios sociais aos trabalhadores e o meio ambiente, mas não certifica que a produção é orgânica ou livre de produtos químicos e inseticidas. Essa, para Rodrigues, é uma outra batalha que também será travada aos poucos. A partir dos anos 1970 as plantações de algodão foram invadidas por um pequeno besouro norte-americano que provoca prejuízos anuais de milhões de reais aos produtores. “Os Estados Unidos erradicaram a praga ao custo de bilhões de dólares. Aqui a batalha é constante e, por enquanto, entre os grandes produtores o embate só é possível com defensivos químicos”, conta Rodrigues. Existem pesquisas junto à Embrapa para o uso de um inseto transgênico no combate à praga e que está sendo testado com pequenos produtores orgânicos na Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.

MERCADO POR CONSUMO

Entre as vantagens da produção brasileira de algodão, Rodrigues destaca que 95% não recorrem a irrigação, usando apenas a água que vem das chuvas, sem a necessidade de reservatórios próprios ou da captação de água de nascentes que desertificam regiões como acontece no Paquistão. Segundo a Abrapa, entre os maiores consumidores de fio de algodão no Brasil estão as peças infantis, de cama, mesa e banho, que juntas somam 83%; a moda masculina usa 62%, e a feminina 23%. Em último lugar se posiciona a moda esportiva que consome apenas 11% de algodão.

Texto:  GBL Jeans

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

As peças com babados vão dominar a moda na próxima estação

A tendência apareceu com frequência na moda de rua e se mostrou uma queridinha das mulheres para o verão


Enquanto algumas tendências de moda provam que o visual moderno e minimalista está em alta, outras nos levam de volta para épocas mais românticas. É o caso dos babados, que apareceram bastante no street style das últimas semanas de moda.

Nas blusas e camisas, os babados foram usados em formatos variados, como um detalhe na manga, mais discreto, ou como o destaque da peça, grande e bastante chamativo, lembrando também as blusas ciganas e a inspiração latina.


Nos vestidos e saias, os babados marcaram barradas ou foram usados em camadas, dando mais volume e movimento para as peças de roupa. Até mesmo macacões inteiros babados estrelaram a moda de rua, mostrando que não existe limites para a tendência.


Para adotar o look no dia a dia, vale combinar peças com babados com outras mais simples e básicas, como uma calça jeans ou uma saia lisa, para deixar o modelo como protagonista da produção. Quando o assunto são cores e estampas, não existe uma regra, mas os modelos monocromáticos foram maioria no street style.



Fonte: Marie Claire

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Rodrigo Marques é eleito presidente da Ascap


A Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) elegeu nesta quinta-feira (10) a sua nova diretoria. A eleição, com chapa única, aconteceu na sede da entidade no horário das 8h às 17h.

Rodrigo Marques - presidente eleito da Ascap
O presidente eleito da Ascap é o empresário Wanderson Rodrigo Marques. “Estamos dispostos a dar continuidade ao trabalho que foi feito pelas presidências anteriores. Em nome de todos os que compõem a nova diretoria, digo que o empresariado santa-cruzense continuará sendo muito bem representado, pois além de continuarmos com o apoio dos membros da gestão anterior, estão chegando novos nomes, com novas ideias para ser implantadas já a partir dos primeiros meses do nosso mandato”, ressaltou Rodrigo.

José Gomes Filho, atual presidente da Ascap
O atual presidente, José Gomes filho, que esteve à frente da entidade por dois mandatos consecutivos (2012-2014 e 2014-2016), falou sobre sua trajetória. “Para mim foi uma experiência importante poder contribuir com o crescimento da associação e com o desenvolvimento do Polo de Confecções. Tivemos resultados positivos na entidade nesses quatro anos, e vamos dar o apoio necessário para que Rodrigo e os demais diretores possam desenvolver um excelente trabalho na Ascap, essa associação tão importante não só para Santa Cruz, mas para a região”, disse “Menininho”.

Aglailson Silva, associado Ascap
O associado Aglailson Silva ressaltou a importância da Ascap para todas as empresas, sejam elas pequenas, médias ou grandes. “A Ascap é uma entidade que dá o norte empresarial que o empreendedor precisa, seja na oferta de cursos, na realização de palestras, no apoio para a participação em feiras de negócios, na troca de experiências com outros empresários, enfim, a associação faz toda a diferença para o crescimento do empreendedor”, comentou o associado, que fez questão de comparecer para votar, mesmo sendo uma eleição com chapa única.

Rodrigo Marques e José Gomes Filho na abertura da urna

A posse da nova diretoria da Ascap acontece no dia 1º de dezembro, no Cellebre Recepções, durante a confraternização anual da entidade.

Confira os nomes que compõem a nova diretoria da ASCAP:

Presidente: Wanderson Rodrigo Marques Bezerra (Wand)
1ª Vice-Presidente: Cintia Valéria Barbosa da Silva (Trakid's)
2ª Vice-presidente: Diana Carolina Nunes Santana (Kadikê)

1° Diretor Administrativo: Josivan Oliveira Ramos (Lêmore)
2° Diretor Administrativo: Joseano da Silva Moura (Idea Family)

1° Diretor Financeiro: Luciano Araújo de Sousa (TooGood)
2ª Diretora Financeira: Rosa Maria da Silva (Mundo Muleque)

1ª Secretária: Patrícia Karolyne Braga Lira Gomes (Laboratório Patrícia Braga)
2ª Secretária: Mirian Amélia da Silva (Dan Rossi)

1° Diretor de Produtos e Serviços: Jozinei Josias de Lima (Avant Comunicação & Mídia)
2° Diretor de Produtos e Serviços: Pedro Pereira Diniz Neto (Maryb)

Diretor de Eventos: Pedro Ramos Neto (Cellebre Recepções)
Diretor de Marketing: Diego Viana Feitosa (John Cunninghan)
Diretora de Responsabilidade Socioambiental: Karla Ítala de Moura Silva (Kyternura)

CONSELHO FISCAL

Valdomiro Gomes Ribeiro (Meta Mania)
José Nilton da Costa (Tutti Frutti For Girls)
Marcos Antonio Pereira Cavalcante (Stylo do Mar)

SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL

Sara Maria da Silva (Pupurina)
Wellington Araújo (Estilo Diva)
Adilson Cordeiro de França (Cordeiro Aviamentos)


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Associados falam sobre benefícios oferecidos pela ASCAP

“Planejamento é fundamental para se tornar um empreendedor de sucesso”, diz Lucas Izoton, durante palestra realizada pela ASCAP


Texto: Lima Jr./Assessoria - Fotos: Alexandre Santos

A Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (ASCAP) realizou, nesta terça-feira (25), no Cellebre Recepções, a palestra “Os desafios dos empresários no atual momento econômico”, ministrada pelo empresário Lucas Izoton, fundador da marca Cobra D’água.

O evento foi aberto pelo presidente da entidade, José Gomes Filho, que também apresentou o seu case de sucesso, citando aspectos biográficos, como a sua chegada a Santa Cruz do Capibaribe, em 1986, e a conjuntura de quando deu os primeiros passos no setor confeccionista, em 1991, plantando a semente da Joggofi, hoje uma das mais bem-sucedidas empresas do Polo de Confecções de Pernambuco.


De acordo com Lucas Izoton, o empresário precisa compreender melhor a sua empresa e acompanhar as mudanças no mercado. Segundo ele, esses são fatores importantes para se tornar um empresário de sucesso. “Para se tornar um empreendedor de sucesso é preciso primeiro entender o seu negócio e que impacto o momento econômico está gerando na sua empresa”, destacou.

Lucas disse ainda que compreender a empresa implica também em conhecer o seu consumidor e adequar-se às mudanças do mercado. “Nos últimos anos, ocorreram mudanças no comportamento dos consumidores e do mercado. Então, é fundamental que a empresa tenha um plano estratégico de curto e de longo prazo para que possa superar os momentos difíceis. Planejamento é fundamental para se tornar um empreendedor de sucesso”, completou.

Jocélio Fernandes, empresário do ramo de tecidos, destacou a importância da palestra para os empreendedores de Santa Cruz. “Achei bastante interessante. A palestra mostrou possiblidades e estratégias de mercado que contribuirão para que possamos nos sobressair nesse cenário de dificuldades. A partir desse evento, eu também me convenci de que a minha empresa precisa estar associada à ASCAP, e iremos nos associar. O associativismo é realmente um grande aliado do empreendedor na condução da sua empresa”, concluiu.

O presidente da ASCAP disse que a palestra atendeu os objetivos da entidade. “Superou as expectativas. Lucas Izoton contribuiu com seus ensinamentos e experiências. É fato que Santa Cruz é uma cidade empreendedora e tem espaço de mercado, mas para se tornar um empreendedor de sucesso, vários fatores precisam ser bem observados, e foi isso o que vimos nessa noite”, disse José Gomes Filho.

Durante o evento foi exibido um vídeo com depoimentos de alguns dos associados da ASCAP, mostrando a importância da entidade no crescimento de suas empresas. A opinião dos associados foi ressaltada pelo diretor financeiro da entidade, Rodrigo Marques. “São inúmeros os benefícios: descontos em cursos, palestras, facilidades na certificação digital, realização de exames ocupacionais, rodadas de negócios, missões empresariais, visitas técnicas, troca de informações entre a classe empresarial, enfim, só conhecendo para ver a gama de vantagens”, disse o diretor.

A renda da palestra do empresário Lucas Izoton será destinada para o início da construção da sede própria da ASCAP, cujo terreno, doado pela prefeitura em dezembro de 2015, fica localizado no bairro Nova Morada, próximo à escola João Maia Neto e a creche Terezinha Figueroa.

Veja mais: